Tô com medo, me atende?

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Vai, balança
Aquela sensação de insegurança
Bate, fica
Tenho medo do que vem em seguida

Pensamentos distantes
Atitudes estranhas
Medo
Medo mesmo 
Sim, medo. 

Chama, chama, chama
Ninguém atende
Cadê a voz que me acalma? 
Chama, chama, chama
Não quero deixar mensagem 

Só queria ouvir sua voz antes de dormir. 

Cabeça cheia de pensamentos negativos
Coração apertado
Atender o telefone, é tudo o que eu te peço. 

Parece que as pessoas só enxergam o que eu faço de errado...

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Me olhe
Me note
Eu fiz a Lua aparecer

Olha pra cá
Olha pra mim
Eu fiz uma flor nascer

Querendo chamar atenção
em vão.

Depois de mil dias fazendo o Sol nascer
Eu viro meu mundo, me perco por um segundo
E só então você me vê